Vídeos

Massagem Biodinâmica de Gerda Boyesen

Apresentado por Glória Cintra.

– Psicoterapeuta corporal com formação em: Reich, Biossíntese e Biodinâmica, com enfoque winnicottiano.

– Psicóloga clínica, com experiência em Psicopatologia e Psicossomática, ao trabalhar no Departamento de Neuropsiquiatria da Faculdade de Medicina de Botucatu, de 1981 a 1987.

– Coordenadora do Curso Massagem Biodinâmica nos Processos de Psicoterapia Corporal, na Casa Jaya em São Paulo.

– Professora e Coordenadora no Instituto Brasileiro de Psicologia Biodinâmica.

Contato: [email protected]

Técnicas de Massagem Biodinâmica

Alongamento e Descompressão

Drenagem Facial Biodinâmica

Reorganização Postural

Contorno

Hipotonia

Livro – Mulheres Reciclando a Alma

Depoimento de Mariana Samson, filha de Andre Samson, co-fundador em parceria com Ricardo Rego do Instituto Brasileiro de Psicologia Biodinâmica.

O que é Massagem Biodinâmica

Coordenação e contato: [email protected]

Aula – Parte 1

Reich e a Orgonomia
O corpo expressa o seu inconsciente
Massagem Biodinâmica é a psicanálise do corpo, por meio da massagem, podemos dissolver as tensões físicas e psíquicas, restabelecendo o fluxo energético e a sensação de bem estar num corpo sem tensão.

 Aula – Parte 2

A Massagem Biodinâmica trabalha com o Sistema Nervoso Autônomo devolvendo a pulsação natural do organismo e dissolvendo os bloqueios corporais. Assim, possibilita a expressão do verdadeiro self, de sua personalidade espontânea e criativa.
Esta Bioterapia pode restabelecer a conexão do seu ser com seu cerne vital e permitir que a pessoa possa fluir na vida com mais leveza e alegria.

Aula – Parte 3

A Massagem Biodinâmica é aquela que respeita a singularidade de cada ser humano.
O diferencial da Massagem Biodinâmica é adaptar as técnicas de acordo com a necessidade do paciente.
Cada paciente precisa ser tocado de uma forma específica para se sentir integrado e vitalizado.

Tensão e Estrutura do caráter baseado em David Boadella

Coordenação e contato: [email protected]

Aula – Parte 1

A função da terapia é acessar a dor da criança ferida, facilitando a reparação deste sofrimento para que o verdadeiro self do paciente possa se expressar.

David Boadella: “As defesas de caráter são padrões universais de resposta ao estresse. Elas são as cores da ferida. Cada pessoa tem a probabilidade de manifestar uma capacidade de funcionamento latente em cada uma das áreas de sua personalidade que, bem escondida, sobrevive sem danos. É esta capacidade latente que torna a terapia possível. É com a saúde do paciente que trabalhamos para superar a doença. Sem ela nos afogaríamos em patologia, porque nenhum terapeuta pode trazer saúde a uma pessoa que não ofereça nada além de resistência.”

Aula – Parte 2

Nesta fase ocular o mais importante para criança é o vínculo e o direito a existir. Se isso não acontece a pessoa pode desenvolver defesas de caráter do tipo esquizóide-histérica.

Aula – Parte 3

Nesta fase oral o mais importante para criança é a sustentação e o direito de estar segura e nutrida. Se isso não acontece a pessoa pode desenvolver defesas de caráter do tipo paranóica-depressiva.

Aula – Parte 4

Nesta fase anal o mais importante para criança é a exploração e o direito de ser livre e independente. Se isso não acontece a pessoa pode desenvolver defesas de caráter do tipo psicopata-masoquista (sado-masoquista).

Aula – Parte 5

Nesta fase genital o mais importante para criança é a comunicação e o direito de dar e receber. Se isso não acontece a pessoa pode desenvolver defesas de caráter do tipo nohomem: fálico-narcisista, passivo-feminino; e na mulher: masculina-agressiva, histérica.

Aula – Parte 6

Massagem Biodinâmica nos Processos de Psicoterapia

Por vezes a Massagem Biodinâmica é uma técnica que pode mobilizar conteúdos emocionais recalcados, que serão elaborados durante o processo terapêutico. Outras vezes, a massagem é um poderoso instrumento terapêutico, que pode dar ao paciente a sensação de ser segurado, nutrido, ninado, protegido e vinculado, reparando aspectos da falha materna e do ambiente.

Winnicott e o caso do menino Bob

Coordenação e contato: [email protected]

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Tipos de caráter uma orientação para o prazer baseado em Alexander Lowen

Por Helen Guaresi

Parte 1

A Massagem Biodinâmica busca dissolver as defesas de caráter com cuidado, pois estas estão protegendo os afetos reprimidos.
Ao tocar o corpo, você pode estar tocando a alma da pessoa.
Liberar as couraças permite a expressão da essência do ser.

Helen Guaresi: Diretora do Instituto Reichiano, psicoterapeuta corporal Biodinâmica.
Coordenação e contato: [email protected]

Parte 2

O ego saudável protege o corpo e busca o prazer.
Lowen descreve o corpo como uma estrela que pulsa.
A defesa do caráter deforma a pulsação da estrela.

Parte 3

Fases do desenvolvimento libidinal: oral, anal, fálica e genital.
Descrição dos tipos de caráter e seu funcionamento energético.
Caráter: esquizóide, oral, psicopático, masoquista e rígido.

Parte 4

Todos nós passamos por todas as fases do desenvolvimento libidinal e desenvolvemos defesas para estar no mundo.
O problema crucial é a cristalização das defesas e a fixação em uma determinada fase da libido.
O sistema de defesa é como uma gaiola que protege, mas também aprisiona.

Parte 5

No trabalho terapêutico com a Massagem Biodinâmica é fundamental:
Dosar o toque na massagem para liberar o material inconsciente com cuidado evitando desestruturar o paciente.
Criar um ambiente de confiança para que o processo possa acontecer.
Por exemplo:
Pacientes hipotônicos, com estrutura esquizóide ou oral, mais do que liberar emoções é preciso buscar contorno, contenção e liberação gradual dos afetos reprimidos.
Pacientes com estrutura masoquista, psicopática ou rígida trabalhamos a hipertonia para liberar os afetos reprimidos, permitindo a expressão das emoções.

Parte 6

Ao ler o tipo de caráter estamos lendo a forma como a pessoa se defende do seu sofrimento e a marca de suas experiências traumáticas.
Assim, a forma de tocar na massagem será diferente para cada tipo de caráter.
É importante criar um ambiente de confiança e presença terapêutica para que haja entrega e para que as defesas sejam amenizadas.
A Massagem Biodinâmica é um convite a retomada da pulsação original de sua estrela.

Intuição e Presença terapêutica

Por Thelma Bueno

No processo de Massagem Biodinâmica, mais do que ensinar as técnicas, cuidamos da qualidade da presença do terapeuta.
Pensamos que este deveria ser tranquilo, empático, confiável e não narcisista.
O paciente sabe sempre mais sobre seu corpo e sentimentos, se ele não quer revelá-los nossa atitude é de respeito e acolhimento.
Thelma Bueno psicóloga, Analista Biodinâmicacom formação em Somatic Experiencing.

Parte 2

Cuidar de alguém é estar disponível para o que ele realmente precisa
Veja a fábula abaixo sobre como não devemos fazer:
A Fábula do Macaco e do Peixe
Um macaco passeava-se à beira de um rio, quando viu um peixe dentro de água. Como não conhecia aquele animal, pensou que estava a afogar-se. Conseguiu apanhá-lo e ficou muito contente quando o viu aos pulos, preso nos seus dedos, achando que aqueles saltos eram sinais de uma grande alegria por ter sido salvo. Pouco depois, quando o peixe parou de se mexer e o macaco percebeu que estava morto, comentou – que pena eu não ter chegado mais cedo!
(De Mia Couto, um escritor moçambicano de você ainda lerá, se ainda não o fez.)
Thelma Bueno psicóloga, Analista Biodinâmica com formação em Somatic Experiencing.

Parte 3

Trabalhando com a intuição à luz da filosofia de Bérgson, filósofo no qual Reich se inspirou.
Massagem e Memória: onde Boyesen eBergson se encontram
DiluAldrighi – Artigo publicado no livro O toque na psicoterapia

Todas as nossas experiências vividas vão construindo nosso ser. Nossa existência é esta nossa duração, este nosso deslizar no tempo. No limite, somos o “registro do tempo”, somos tempo e memória, corpos constantemente transformados pelas experiências vividas. Nossa história subjetiva e o modo como a vivemos é que vão tecendo nossos corpos, neste nosso durar no tempo. Tempo experimentado pela nossa consciência. Neste sentido, nossos corpos são a história de nossa existência. Assim, tocar o corpo do outro, significa tocar toda sua história de vida, todos seus afetos. Ora, é exatamente esta a razão pela qual, durante um trabalho de massagem, assistimos as emoções aflorarem. Não somos apenas memória psicológica, somos memória orgânica.
Thelma Bueno psicóloga, Analista Biodinâmica com formação em Somatic Experiencing.

Parte 4

Tocar o corpo do outro, significa tocar toda sua história de vida, todos seus afetos. Ora, é exatamente esta a razão pela qual, durante um trabalho de massagem, assistimos as emoções aflorarem. Não somos apenas memória psicológica, somos memória orgânica.
Thelma Bueno psicóloga, Analista Biodinâmica com formação em Somatic Experiencing.

Intuição e Presença terapêutica

Por Helen Guaresi: Diretora do Instituto Reichiano, psicoterapeuta corporal Biodinâmica.

Ao trabalhar com a Massagem Biodinâmica sobre as couraças musculares hipertônicas e hipotônicas pode ocorrer a liberação de conteúdos inconscientes, material a ser elaborado no processo de psicoterapia.

Parte 2

Ao receber uma Massagem Biodinâmica se a peristalse abre, acontece a limpeza do organismo e os conflitos psíquicos podem ser digeridos, elaborados, algumas vezes sem passar pela consciência.
Gerda Boyesen fala de formas de expressão do organismo, a fala enraizada, expressão das emoções por meio da catarse, descarga vegetativa forte (sudorese, tremores e diarreia) e descarga vegetativa suave que é a psicoperistalse.

Parte 3

A Massagem Biodinâmica e o tratamento das neuroses:
A estase de energia mantém nossos sintomas neuróticos.
Cuidando da autorregulação para liberar a energia e os sintomas psicossomáticos.
Diferentes técnicas para diferentes pacientes.
Veja mais sobre o assunto no artigo Massagem Biodinâmica, a psicanálise no corpo por Sandra Milessi.

Parte 4

O Tratamento de sintomas por meio da Massagem Biodinâmica.
Exemplo o tratamento do paciente Oscar realizado por Gerda Boyesen na Noruega.
Ver análise do caso no artigo: “Gerda Boyesen a mãe suficientemente boa descrita por Winnicott”, por Glória Cintra.